Notícias

IBGE vê setor de serviços com comportamento de resiliência e persistência

Entre os setores, o técnico destacou os serviços de tecnologia da informação

O gerente da Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE, Rodrigo Lobo, disse nesta quarta-feira, 12, que o setor de serviços tem demonstrado um comportamento de "resiliência e persistência". O índice de serviços com ajuste sazonal de abril foi o terceiro maior da série histórica, assim como havia sido em janeiro deste ano.

"A manutenção do setor de serviços em patamar elevado é comportamento de resiliência, persistência, sustentado por alguns setores que têm mostrado maior dinamismo", disse Lobo, em uma entrevista coletiva para comentar os resultados de serviços divulgados nesta quarta.

Entre os setores, o técnico destacou os serviços de tecnologia da informação, que mantêm uma trajetória ascendente e têm evidência de aumento da produtividade após a pandemia.

"Também destaco ali os serviços de intermediação por meio de aplicativo, serviço de engenharia e atividades jurídicas, que, neste ano de 2024, têm esse viés de crescimento impulsionado pelo pagamento de precatórios", disse Lobo.

Coleta no RS
O gerente da Pesquisa Mensal de Serviços disse nesta quarta-feira que foi possível observar nos dados de abril uma "ligeira redução" no porcentual de coleta de dados no Rio Grande do Sul. Lá, o IBGE coletou 84,6% dos questionários que aplica, o menor porcentual desde 2020.

"Para o Brasil, isso não chega a ter um impacto histórico", disse ele, em uma entrevista coletiva para comentar os dados de serviços, divulgados pela manhã. "Em abril, temos no Brasil 93,4% de coleta, mas houve coletas menores, por exemplo, em novembro de 2021."

Segundo o técnico, o IBGE ainda não captou impactos econômicos das enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul. Eles devem aparecer a partir de maio, ele disse.

voltar

Links Úteis

Indicadores diários

Compra Venda
Dólar Americano/Real Brasileiro 5.582 5.5825
Euro/Real Brasileiro 6.0791 6.0871
Atualizado em: 18/07/2024 16:34

Indicadores de inflação

04/2024 05/2024 06/2024
IGP-DI 0,72% 0,87% 0,50%
IGP-M 0,31% 0,89% 0,81%
INCC-DI 0,52% 0,86% 0,71%
INPC (IBGE) 0,37% 0,46% 0,25%
IPC (FIPE) 0,33% 0,09% 0,26%
IPC (FGV) 0,42% 0,53% 0,22%
IPCA (IBGE) 0,38% 0,46% 0,21%
IPCA-E (IBGE) 0,21% 0,44% 0,39%
IVAR (FGV) 1,40% 0,21% 0,61%